domingo, 8 de junho de 2008

Outono dos deuses.

Foi numa era medieval,uma era escura,onde a lei que predominava era o bem estar do rei.No pequeno reino de Pitosvile, um novo rei comandava o reino a pouco mais que um mês.Dionísio sempre reinara como tirano,em seu curto mês de reinado já mandara matar muitos pobres que roubavam por fome.
Num certo dia de outono,que era especial em Pitosvile,pois havia uma lenda que dizia que nessa época anjos eram madanos para as proximidades da terra e antes do terminar dda estação esses anjos mudavam a vida das pessoas.O rei estava ocioso,esperando pelo novo bobo da corte que um de seus soldados fora procurar pelo reino;ao entrar o soldado manda o novo bobo da corte ajoelhar-se perante o rei,logo o rei perguntou:
-Diga bobo,qual teu nome?
-Eros,vossa majestade.- responde o bobo com a cabeça baixa.
-E teu pai?Quem fora?
-Desculpe-me majestade,mas fui abandonado quando criança.
Com olhares escarlates o rei encarava o novo ser e logo,furioso,ordenou:
-Vá bobo,troque-se,tire essas roupas que fedem e venha me fazer rir;- Olhando agora para o soldado - Éolo,leve-o até o aposento dos empregados e de-lhe roupas para vestir.
O novo bobo percebera um mudar de olhar quando o rei falara com o soldado Éolo e logo pensou que o rei possuía um bom sentimento.
Passado um mês,Eros presenciara várias execuções dos pobres,queria ,mas não podia fazer nada;até que num dia,logo no fim de outono,o bobo chorara por ver a execução de sua antiga amada,que não vêra desde que fora chamado pelo rei.
No castelo,após o jantar,no escurecer da tarde o bobo chega para fazer seu trabalho,o rei estava furioso nessa noite:
-Vossa majestade Dionísio,posso te fazer uma pergunta?
-Achas,bobo,que te dou abrigo e comida para que me faças perguntas?- O rosto do rei estava vermelho.
-Tens medo de minhas perguntas majestade?
-Ora!Sou rei,não tenho medo,coloco medo.Insultaste-me bobo inferior?
-Insultar vossa majestade?Jamais,critico seus métodos- Ao ouvir tais palavras,Dionísio levantou furioso,mas o bobo continuou:
-Por que matar os que morrem de fome?Por que matar donzelas tão puras?
-Cale a boca bobo insignificante;Éolo!Éolo,prenda-o e mande para a guilhotina.- Éolo atordoara e pegara Eros pelos braços,enquanto esse repete o lançar de suas flechas:

- Se sem graça é meu mundo,
Digo que não vejo diversão em mandar
E feliz não é você,monarca,que só manda matar,
Caio em depressão,caindo cada vez mais fundo.

minhas palavras são sem sentido
Para um rei que não tem sentido
Toda a desgraça de seu reinado;
Você,um rei cada dia mais condenado.

Desculpo-o
Pelo seu ato futuro
E curiosamente inevitável.

Mas um bobo pouco amável
Não tem chances de ficar
E mal tem o pouco direito de amar.
Senhor,eu descobri o que de todos você escondeu,ame seu filho e assuma-o.- Ao sairem da sala,o rei Dioníso chorou e se arrependeu de mandar matar um bobo tão inteligente e comovente,mas a palavra do rei é lei,única e não pode ser mudada.
O bobo foi morto logo no amanhecer do outro dia e o entristecimento do rei aumentou,em seus sonhos Eros lhe dava conselhos e lhe fazia gargalhar;o rei procurou outros bobos da corte,mas nenhum era como Eros.O rei tomou uma decisão logo no penúltimo dia de outono,mandou que fossem feitos vários cartazes contendo o soneto dito por Eros,que ao terminar seguia a mensagem:

"aproveitem ao que tem,pois eu perdi quem mais tinha valor."
O rei foi encontrado morto no último dia do outono,ele se enforcara e deixara uma carta,nela dizia que Éolo era herdeiro do trono do reino de Pitosvile e se desculpava pelo ato cometido,dizia também que esse era o único jeitio justo de dar sentido para as palavras Eróticas.
Assim,com Éolo no reino,em todos os outonos ele reunia o reino para recitar o soneto que foi dito por Eros,essa data foi marcada no reino como:"O dia das palavras eróticas.".
Após a morte de Éolo,o povo manteve o costume,cantando o soneto para os ventos do mar,pois acreditavam que as palavras chegariam aos céus,onde Eros se encantava e mandava novos anjos no outono para ajudar as pessoas de más intensões ou pensamentos errados.

4 comentários:

juliana disse...

ehh!eu aqui de novo!
gostei muito..esse conto deixa uma mensagem muito boa para todos!

só uma pergunta..Pitosvile existe ou vc quem inventou?
^^

bjos

Fernando Neves ~ KroSS ® disse...

k'rai, pq vc não me contou disso?!

Meu, vou falar a verdade: "eu arrepiei umas 3x lendo desse conto."
Porra!
MTU MASSA!

R-w-B disse...

Olá!
Passando só para avisar que o blog "devaneios intímos" mudou de endereço.
Agora é http://devaneiosintimos.blogspot.com/
Espero continuar tendo a honra de suas visitas e comentários!
Obrigado.
=]

b ; the mad rabbit disse...

muito phodaaaaaa

Quando vai escrever outrooo?